De como eu chorei

Guarda o meu coração, ó Deus

Guarda o meu coração, ó Deus

Eu tive uma semana muito feliz. Promessas se realizando, presentes incríveis, Deus me honrou com honra sobre honra. Mas aí chorei. Chorei, chorei, sim, chorei. Muita emoção e alegria de viver tanta coisa boa de uma só vez na minha vidinha. Especialmente porque eu sofri muito nos anos anteriores.

E também chorei porque conheci uma pessoa incrível, na hora em que não devo me aproximar e me dói só de ver ou pensar. Isso de fato está me consumindo.

E toda a minha alegria complica porque ele me ajudou nas minhas vitórias. Me sinto dividida e até mesmo errada por estar assim. E isso me faz pedir que Deus guarde o meu coração para que eu não projete sentimentos irreais que não provém do trono e não trace planos fora do propósito perfeito do Senhor…

Anúncios

Coração transparente

O coração é mais mentiroso e traiçoeiro que qualquer outra coisa; o coração do homem é terrivelmente cheio de maldade.
O coração é mais mentiroso e traiçoeiro que qualquer outra coisa; o coração do homem é terrivelmente cheio de maldade. Não há ninguém capaz de saber até que ponto é mau e pecador o coração humano! Somente o Senhor sabe! (Jr. 17: 9-10 – Nova Bíblia Viva)

Por mais que tentemos nos esconder do Senhor, não podemos ocultar dEle nosso coração, nossas atitudes e nossos pensamentos. Davi aconselhou seu filho Salomão a conhecer e servir o Senhor com todo seu coração e de vontade espontânea, pois o Senhor conhece os corações e penetra nos nossos desejos e pensamentos. (1 Crônicas 28:9)

Que sábio conselho! De fato, o Senhor conhece tudo o que se passa conosco, mas mesmo assim nos opomos a Ele com frequência. Procuramos desafiar sua soberania e questionar sua supremacia sobre a nossa vida. Sempre que não estamos felizes, questionamos os caminhos que Ele preparou para nos conduzir ao céu. Dizemos com nossas ações que sabemos mais do que o Senhor, por isso decidimos nossos caminhos, tomamos atitudes de nossa própria vontade, agimos por nossa força e desprezamos a autoridade do seu Espírito.

Li um belíssimo trecho de Isaías exortando a nação de Israel durante um período de idolatria e rebeldia, que vou reproduzir aqui na Linguagem de Hoje (NTHL):

Ai dos que escondem os seus planos do Senhor, que fazem suas maldades na escuridão e dizem: “Ninguém pode nos ver! Ninguém sabe o que estamos fazendo!” Vocês invertem as coisas, como se o barro valesse mais que o oleiro. O pote não vai dizer ao homem que o fez: “Você não me fez.” Uma vasilha não dirá ao oleiro: “Você não sabe o que está fazendo!”  (Isaías 29:15-16 – NTLH)

Potes não discutem com oleiros. Vasilhas não dão palpites no trabalho de sua feitura. Mas nós, seres humanos, constantemente questionamos os planos de Deus para nós. Nos desviamos do alvo (Cristo), saímos do caminho (estreito) e dizemos que Deus não sabe o que faz.

O Senhor conhece nossos corações. Mesmo que estejamos corrompidos, nosso coração é transparente para o Senhor. Nada escapa dos Seus olhos, nada se compara ao Seu conhecimento.

Você pode se fazer de bom cristão da sua igreja. Pode dar testemunho lá na frente, trabalhar num ministério. Pode ter muitos discípulos aos quais você ensina conceitos bíblicos que você mesmo não segue. Pode estar andando no caminho largo enquanto anuncia o Cristo que ainda não conheceu. Pode pensar que ninguém sabe, ninguém vê, porém o Senhor sabe de todas as coisas que se passam na sua cabeça e conhece suas ações.

Que tipo de vaso é você nãs mãos do oleiro, que é Deus? Você é o vaso reclamão ou o vaso de bênção? É aquele que finge andar pelo estreito, mas caminha pelo largo? Ou é aquele que busca seguir os propósitos de Deus, por mais difíceis que sejam?

O seu coração é transparente para Deus, nada lhe pode ser ocultado. Ele conhece suas imoralidades, os namoros ilícitos, as paixões pecaminosas, os adultérios, as montanhas de mentira nas quais você vive. Não dá para esconder de Deus quem nós verdadeiramente somos. Deus conhece você por qual nome? Mentiroso? Adúltero? Trapaceiro? Ladrão? Viciado? Ou será Servo Bom e Fiel? Adorador? Filho Amado? Homem segundo o meu coração? Qual seu nome hoje diante de Deus?

O coração de Davi

Achei

"Achei a Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que fará toda a minha vontade". (At. 13:22b)

Dá para se perder em um emaranhado de possibilidades… É que invariavelmente no começo do ano e na minha data de maturidade vem um longo período de crise de identidade, projeções utópicas e configurações de possíveis realidades.

As coisas que eu gostaria nem sempre são coisas que eu realmente gostaria. É confuso. É como me sinto nessas épocas. Casamento, mestrado, concurso, família… até o certo se configura como incerto para mim.

No meio disso, sonhos. Porque eu sei que Deus me ama mais do que eu o amo, e sei que Ele fala mais comigo do que eu falo com Ele. Nossa amizade já não é tão íntima, mas Deus não se esqueceu. Tem falado comigo em sonhos, como falava com Davi. Mas nem para Davi eu estou… ele ao menos tinha um bom coração.

Como ficam os de bom coração

Ando pensando como ficam as pessoas de bom coração. Hoje já não sei, não me atreveria a afirmar. Mas eu já tive um bom coração, um coração muito bom por sinal. E não ganhei nada com isso. Aliás, ganhei sim, cicatrizes, feridas, dores. Ando com medo de cair no que não se deve cair, perder até as fagulhas que me incendiam para a bondade, mergulhar no mais racional niilismo e dar cabo até do que não se deveria dar fim.

“Meus irmãos, cuidado para que nenhum de vocês tenha um coração tão mau e descrente, que o leve a se afastar do Deus vivo.” (Hb. 3:12)