Alegria Real

“A minha meditação acerca dele será suave; eu me alegrarei no SENHOR.
Salmos 104:34″

Estava a menina viajando com colegas de faculdade para um congresso acadêmico. A menina levava sua Bíblia na bolsa e ouvia seus hinos nos fones de ouvido durante a viagem. Tranquilidade, ali, no meio de todos, a menina sentia a presença de Deus. Orava em silêncio admirando a paisagem. Via a graça, a bondade, o amor único. Isso por si só deixou a menina satisfeita.

Como parte dos eventos, houve um jantar. A menina foi. A comida era muito boa. E havia uma pista de dança. E havia bebidas. As pessoas foram bebendo, bebendo, bebendo. Dançando, dançando, dançando. A menina viu gente que ela nunca via sorrir demonstrando grande euforia. A menina viu gente recatada dançando até os pés doerem. E vendo aquilo a menina se sentiu feliz.

A menina se sentiu honrada por ter um Deus que lhe faz viver a alegria real todos os dias, sem que ela precise beber ou dançar em pistas pra se sentir assim. Alegria por ser filha, alegria por ser menina dos olhos de Deus.

E foi ali, no meio do nada, entre tantos incrédulos, que a menina soube o sentido de sua viagem. Era ver como a seara é grande, quantos estão cegos pelo pecado e perdidos no mundo. Como são tristes tentando vencer problemas que simplesmente não são para ser resolvidos quando a graça de Deus nos basta. Era para entender que a alegria real só Jesus Cristo pode nos conceder. A menina voltou para casa muito feliz por ter aprendido mais uma coisa com Deus.

Anúncios

Como entender a Bíblia

Conheço muitas pessoas que começam a ler a Bíblia e logo desistem porque acham difícil. Algumas desistem e nunca mais tentam novamente, vão completando anos de vida cristã sem nunca ter lido o livro sagrado inteiro.

Domingo eu estava na comunidade de religiosos apresentando meu digníssimo boyfriend quando o pastor lia a passagem de Lucas 24 sobre o Cristo ressuscitado reaparecendo aos seus discípulos. A partir do verso 36, o Senhor Jesus ministra aos seus discípulos a PAZ, a FÉ (vs. 39-43), o ENTENDIMENTO (vs. 44-48), o PODER (vs. 49), a GRAÇA (vc. 50 e 51) e a ALEGRIA (vs. 52 e 53).

Os discípulos conheciam as Escrituras, mas não as compreendiam. Faltava-lhes a revelação. A Bíblia diz, então, que Jesus Cristo abriu o entendimento dos discípulos para que compreendessem as Escrituras.

Se você está nessa batalha de ler a Bíblia e pouco está compreendendo, peça ao Senhor Jesus que abra o seu entendimento, pois com  a nossa própria sabedoria não podemos alcançar as revelações, precisamos pedir da sabedoria divina.

Sobre esse assunto, leia também: Como ouvir e praticar a Bíblia