De graça em graça no amor

Agradeço a todos os emails recebidos, todos os comentários, perguntas e broncas pelo sumiço. O fato é que descobri que tenho asma e rinite. Estou em plena crise, quase não escrevo meus artigos científicos, muito menos minhas reflexões da vida diária com Deus. Mas hoje é um dia dos namorados muito especial para mim e eu vou querer lembrar disso daqui a alguns anos, mesmo que ninguém mais leia.

No meu aniversário, meu namorado me deu um presente de R$ 10 mil. Agora ele está me dando um presente bem mais caro. É uma realidade que eu nunca vivi antes, eu não tenho dinheiro assim, nem minha família. Então é um universo completamente novo para mim, todas as festas, os lugares que vou com ele, os amigos dele, as viagens, tudo é diferente. Há um ano atrás nunca imaginaria viver isso. Eu sofri muito em meu antigo relacionamento, que nos seus momentos mais suaves, incluía adultério e mentiras. Já nos momentos críticos continha agressividade, furto do dinheiro da minha conta e carteira, venda dos meus livros e dos eletrodomésticos da casa, abandono. Era um caos.

Por isso, quem conhece meu namorado automaticamente gosta dele simplesmente pelo fato de entre ele e o ex haver um abismo imenso. E eu gosto mais ainda. Ele é extremamente educado gentil, não tem como brigar com ele. Aliás, a gente não briga, ele simplesmente é um conciliador e encontra o ponto que agrada ambos. Viver com ele é viver numa sintonia incrível de compreensão e respeito. Procura a minha felicidade, se preocupa comigo de verdade, é generoso com todos, é atencioso com os amigos dele e com os meus e é muito querido pela minha família. É o tipo de pessoa que se não der certo pra casar, já é um grande amigo pro resto da vida.

E eu resolvi falar disso porque preciso me lembrar dos jejuns, propósitos, campanhas, orações que eu fazia nos tempos de crise que eu vivi no passado. Cada lágrima que eu derramei, não foi em vão. Hoje vivo honra sobre honra, de bênção em bênção. Tudo vai bem, tudo flui. Estou feliz, estou até mais bonita! Dou graças pelo relacionamento que tenho hoje. Pode ainda não ser o melhor de Deus para minha vida, mas é melhor do que minha condição anterior. Deus opera assim, pra que a gente cresça nas dificuldades e alcance a vitória.

Não sei o tipo de problema que consome a sua vida e a sua alegria, mas creia no poder transformador de Deus. Eu nunca duvidei que Deus me daria uma solução. As lágrimas derramadas diante de Deus nunca são em vão, como nos ensinaram Anda, Ester, Josué e tantos outros. Assim também são valorosos os jejuns que fazemos para que nossa alma aprenda a confiar em Deus, os propósitos que nos aproximam do estilo de vida bíblico, as campanhas que adestram nossa pequena fé. Tudo isso é manifestação da nossa adoração a Deus, do quanto admiramos o trabalho do Eterno nas nossas vidas e o quanto confiamos que Ele nos dará a graça necessária para enfrentar os problemas ou nos aliviará a carga quando aprendermos a lição. Creia!

Anúncios

Sabedoria da madrugada

No começo eu achei que as pessoas tinham problemas. Eu queria mesmo consertar meio mundo de gente. Porém, quanto mais eu insisti nisso, mais eu me feri e nenhuma resposta de mudanças das pessoas que estavam ao meu redor. Então, foi hora de tentar outra coisa.

3:00 am – Escolhi essa hora para me levantar e começar meu dia de uma forma diferente. Começo agora em jejum e orando para que Deus faça a sua obra em mim, me faça forte para superar as dificuldades e toda perseguição. Me faça pronta para o perdão, útil na resignação, convicta na submissão e tardia na confusão.

A começar em mim… Primeiro tenho que me dispor, para depois poder resplandecer da glória do Senhor. Esses momentos de oração e entrega diante do Senhor durante as madrugadas tem me feito (incrivelmente) uma pessoa mais sábia. Espero que dure um bom tempo…