O privilégio de ser humilhado

Ontem eu fui a uma ministração com o ministério Filhos do Homem (FDH), aqui em Goiânia, numa Igreja de Cristo. Cantaram boas músicas, alguns hinos mais antigos (sim!) e levantaram junto com a igreja voz de clamor, intercessão e oração. Depois desse momento de cânticos e orações, o Pr. Cris Batiston, líder do ministério FDH, trouxe uma palavra entitulada “O privilégio de ser humilhado”, que eu desejo compartilhar aqui porque foi muito interessante e edificante.

Durante o momento de palavra eu estava no chão em adoração, então eu não anotei nada, não gravei uma referência de versículo. Mas quando cheguei em casa eu fiz um rascunho e busquei na concordância as referências, ficou até bacaninha, já que eu não tenho uma boa memória. O resultado é esse post, uma transcrição do que eu ouvi, mas não é um estudo meu, mas do Pr. Cris.

Pr. Cris andava perguntando para Deus como era um verdadeiro adorador e quem seria um exemplo de verdadeiro adorador, uma vez que Deus havia lhe dito que as músicas e danças do seu ministério (FDH) eram muito bonitas, mas não eram adoração. Sobre ser verdadeiro adorador, você já deve saber o versículo que o Espírito Santo lhe apontou: “Mas vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores” (João 4:23) . Porém, sobre ser um homem segundo o coração de Deus que tenha adorado em Espírito e Verdade, eu havia imaginado que o Pr. Cris teria Davi como exemplo. E sabe quem o Espírito Santo lhe revelou como exemplo a ser seguido? Jesus Cristo!

“E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; passa de mim este cálice; contudo, não seja o que eu quero, e sim o que tu queres” (Marcos 14:36).  Jesus recorreu a Deus e, como Filho, demonstrou que conhecia o poder de seu Pai dizendo saber que tudo era lhe possível. É na condição de saber que Deus poderia atendê-lo, que Jesus pediu que mandasse outro em seu lugar. Mas a oração de Jesus Cristo não termina assim, crendo que o Deus do Impossível atenderia seu pedido. A oração de Jesus Cristo termina dizendo que a vontade do Pai seja feita e não a dele. Esse é o coração e o Espírito de um verdadeiro adorador. Ele busca fazer a vontade do Pai e aceita o lugar da humilhação em silêncio, porque na humilhação Deus trata o seu caráter e quebra o seu orgulho.

Quando Jesus foi tentado no deserto, Satanás fez de tudo para que Jesus saísse do centro da vontade de Deus, mas foi a firmeza do conhecimento das Escrituras e sua convicção nos propósitos do Pai que fizeram Jesus resistir às tentações.  E quando Jesus morreu na cruz, cumpriu a vontade de quem?

“De Deus!” – gritamos todos nós!
De Pilatos, respondeu o Pr. Cris.  “Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus” (Efésios 5:21). Devemos nos sujeitar uns aos outros, na consciência de que meu próximo deva ser amado como eu e de que toda autoridade colocada por Deus sobre a minha vida deve ser obedecida, no temor do Senhor. Seja seu pai não-cristão, seu chefe abusivo, seu professor injusto… seja quem for! Jesus se sujeitou aos seus próximos (os judeus) e à autoridade sobre ele (Pilatos), por isso cumpriu a vontade dos judeus e a de Pilatos morrendo na cruz, mas ainda assim no temor do Senhor. Havia em Jesus poder para descer da cruz e até mesmo para não se sujeitar a essa morte, mas ele preferiu abrir mão da sua vontade mais uma vez. Jesus preferiu ter o privilégio de ser humilhado.

E a diferença entre um chamado e um escolhido é exatamente essa. Os que são chamados têm liberdade para optar entre a sua vontade e a vontade do Pai. Os escolhidos renegam totalmente sua própria vontade. “Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos” (Mateus 22:14)

Por fim, a coisa mais linda que eu ouvi a noite inteira. Não sei como que eu nunca prestei atenção num texto tão lindo.

 

Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. (Filipenses 2:5-8)

 

É esse o exemplo que precisamos seguir: Jesus Cristo. Precisamos do sentimento de mansidão e humildade que Jesus Cristo, pois foi esse sentimento que o fez ser humilhado e obedecer até o fim. Se ser como Jesus é seu alvo, então ser humilhado para você é um privilégio!

Anúncios
Deixe um comentário

11 Comentários

  1. Oláá! Lindo texto! Realmente, Deus exalta os humilhados e humilha os exaltados.
    Pq não gosta da Mari Valadão? Eu tbm sou de uma igreja tradicional, mas acho que ela abençõa muito (:

    beijão, amei aqui!
    Deus te abençõe!

    Responder
  2. ola querida, obrigado pela visita lá no blog! tb já te linkei!
    o processo do molde do nosso caráter é na maioria das vezes demorado, doloroso, temos que nos humilhar de uma maneira que possa convencer á DEUS para que o espírito nos use, nos envolva e assimatravés de nossas vidas proclamar as boas novas…lindo texto…Deus te abençoe! vamos nos falando…prazerzão te conhecer!! PAZ AÍ!!

    Responder
  3. A paz de Cristo,

    O senhor disse: Bem aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
    Quem é humilhado tem obtido êxito, pois Deus sempre exaltara os mesmos.
    Esta sendo humilhado? espere pois Deus o exaltara.

    Lindo post,

    Fica com o Mestre do amor.

    Responder
  4. Poxa, eu nem tinha te dado parabéns ainda pela casa nova! Vou atualizar o link.

    Responder
  5. vim ver as 9dades e amei essa mensagem, realmente precisamos ser tratados por DEUS….bjkas

    Responder
  6. Valeu pelo comentario… darei uma dibilhotada ai no seu wordpress… valeu e apareça por lá

    Responder
  7. Aaah, Núbia, entendi. hehehehe
    Achei que fosse tradicional também.
    Bom, Deus é Deus independente de denominações (:

    Grande beijo!

    Responder
  8. Jesus é o nosso único e suficiente exemplo. queria eu absorver o máximo possível dos ensinamentos dEle.

    Responder
  9. Louvado seja Deus que nos permite ser humilhados, pois na humilhação provaos do seu amor! Somos enxarcados,, mergulhados no seu amor! Na humilhação cai torrencial chuva de bençãos em nossas vidas!

    Responder
  10. Livia Glesia

     /  janeiro 29, 2009

    Posso crer que nada é por acaso…nada é em vão…e como disse Deus em Eclesiates 3 , tudo tem seu tempo determinado de acontecer…por issi bem sei que ELE sabia q o meu dia de ler esta preciosa mensagem chegaria, e hoje a tomei como confirmação quanto a um VOTO q estarei fazendo para GLÓRIA de DEUS. Por isso quero te agradecer por vc ter se permitido ser um canal de bençãos pra minha vida. DEUS que continue te abençoando ricamente, fartamente …e abundantemente em nome do Senhor Jesus Cristo;amém.

    Forte abraço em Cristo Jesus Senhor nosso.

    Responder
  11. mendes

     /  setembro 11, 2012

    vc acredita que deus usaria um profeta ou o pregador para entregar uma mensagem pra alguem na igreja durante um culto onde a pessoa ficaria humilhada por todos onde esta pesoa se não tiver muiiiiiita força até poderia se desviar dos caminhos do senhor ou até mesmo mudar de denominação.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: