Porque agora é de um jeito que ele ama

“Minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Senhor dos Exércitos.” – Ageu 2:8

A menina não é nada romântica, nunca foi de ficar falando no ouvido de Deus do homem que ele queria, até porque Deus falou cedo o que esperava pela menina. A menina nunca sonhou com casamento, vestido, noivo. A menina só queria um companheiro mesmo. O tempo passa, a menina cresceu, nos momentos de angústia e ansiedade é que a menina falava. Só com Deus ela falava da falta que fazia ter um amor no coração. Só que a menina amadureceu, sossegou, resolveu esperar e parou de reclamar. Um dia, Deus disse pra menina que ia reescrever a história dela. Um ano depois, a menina tava achando a história ainda muito igual. Foi quando a história começou a mudar, um sorriso que quebrantou o coração da menina. De repente ela chorava copiosamente e mais do que nunca tinha vontade de se lançar aos pés de Jesus, tomar a sua cruz e morrer pro mundo. Acordar, deixar de ser a igreja sonolenta, fazer alguma coisa pra tornar o nome de Jesus conhecido, grande entre as nações. Que sentimentos eram esses? Que amor faz a gente ter vontade de evangelizar? Que paixão é essa que nos faz ter vontade de orar, jejuar e adorar? Aonde que a menina foi arrumar esse sentimento mais sem lógica, que quanto mais perto se sente de Deus, mais perto se sente do coração do amado? A lógica desse mundo não está mais para a menina, há tempos. “Aceita logo menina, muda logo a sua história!” – diz a voz suave do Melhor Amigo. É… a menina disse que podia falar que ela ouvia. Veremos se a menina ouve mesmo!

P.S.1: Atualização com foto e versículo!

Anúncios
Post seguinte
Deixe um comentário

3 Comentários

  1. a menina...

     /  agosto 12, 2008

    Oi Bia, vc é um exemplo

    outra menina
    na.quietude@hotmail.com
    http://mh30.blogspot.com

    Responder
  2. joao cruzue

     /  agosto 14, 2008

    .

    Filipenses 3:13,14:

    “…E uma coisa faço: e é que esquecendo-me das coisas que para trás ficam, e olhando para as que estão adiante de mim, prossigo para o alvo da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”.

    Antes: pequenos sonhos; ou quase-sonhos. Agora com Jesus na vida da “menina”, seu coração se apaixonou. Esta paixão por Cristo a seu tempo se tornará em AMOR, à medida que for amadurecendo.

    Quando estamos apaixonados por Cristo, pensamos em abandonar tudo para viver somente para Ele. Quando nosso amor por Cristo amadurece substituindo a paixão, é diferente, pois aprendemos (errando) que o essencial é andar na vontade Dele.

    “Deleita-te também no Senhor e ele cumprirá o desejo do teu coração” Salmo 37:4.

    Irmão João.

    .

    Responder
  3. Bia

     /  agosto 14, 2008

    Poxa… me reapaixonei por Deus então? Pode ser… pode ser sim! Que coisa mais linda! Mas eu não quero que esse meu amor esfrie nunca!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: